A vida de Spirit, O começo da jornada.

Ir em baixo

A vida de Spirit, O começo da jornada. Empty A vida de Spirit, O começo da jornada.

Mensagem  Spirit em Dom Jun 06, 2010 7:30 pm

Bem, como esta é minha primeira Fanfic, gostaria de ouvir comentarios e criticas sobre ela, quanto mais melhor. Espero que gostem.

Então vamos ao que interessa.

PROLOGO

Era uma noite chuvosa na cidade de geffen, no dia em que nasci, Bem pelo menos foi o que meu pai disse para mim, ele disse que aquele dia foi um dia feliz e ao mesmo tempo triste, foi o dia em que ele ganhou a mim o seu primogênito e amado filho, mas também o dia em que ele perdeu o amor de sua vida, esta é uma historia cheia de lacunas e mistérios. Esta é a minha historia.

Capitulo 1 – A Surpresa

Spirit saiu de casa correndo, seus cabelos grandes batiam em seu rosto mas ele não ligava, hoje era o dia, o dia em que seu pai lhe daria a surpresa que mudaria sua vida. Ele correu por toda geffen, para um garoto daquela idade ele era muito rápido e esguio, era impressionante que naquela velocidade ele não esbarrasse em alguém. Após alguns minutos de corrida ele chega em seu destino, a loja de utilidades da cidade, “O que será que ele esta comprando para mim? Deve ser algo fantástico” o garoto pensa enquanto se aproxima da loja, ao chegar na porta um homem por volta de 2m de altura sai de dentro da loja carregando 2 mochilas totalmente abarrotadas de itens.

- Pai!! – Fala o garoto tentando recuperar o folêgo da corrida.

O homem gigantesco abre um sorriso e responde.

- Você esta 5 minutos atrasado, mas vamos deixar isso de lado e vamos ao que interessa.

Ele entrega uma das mochilas para o garoto, e diz:

- Hoje é o dia, prepare-se.

“o que será que ele esta preparando?”pensa o garoto realmente ansioso para descobrir, O garoto pega a mochila e tomba para frente com o peso dela, mas não queria decepcionar o pai então faz um esforço tremendo e coloca a mochila nas costas. O homem coloca a mochila dele em seu peco-peco e monta nele, depois estende uma mão ao filho.

- Vamos, eu te dou uma “carona” – fala ainda sorrindo.

Spirit apressa-se em subir no peco do pai, o animal era tão grande que caberia 2 pessoas nele facilmente. Após subir no peco, este sai em disparada, a velocidade do animal era incrível, os olhos de spirit lacrimejavam com a velocidade. Depois de algum tempo de viajem o pai do garoto avista um grupo de orcs, “o que eles estão fazendo por aqui?” spirit se pergunta.

- Spirit fique aqui e não se mova – O pai de Spirit falava agora com uma cara seria e com uma mão apenas levantava o garoto e o colocava de pé no chão.

Spirit esta prestes a ver algo que nunca tinha visto, seu pai em combate. Logo o grupo de aproximadamente 7 grand Orcs avança em cima do Lord, ele empunha sua lança e parte para cima dos orcs. O lord avança e com uma velocidade incrível ele brande sua lança fazendo três orcs caírem com a força do impacto, mas ainda restavam quatro orcs, um deles tenta ataca-lo pelas costas usando um machado gigantesco, mas o lord já tinha previsto seu golpe, ele puxa as rédeas do peco, que vira rapidamente então o lord estoca o orc, que com o poder do ataque é arremessado longe e bate em uma arvore fazendo a mesma cair, os três orc aproveitam o momento e avançam contra o lord ao mesmo tempo, um deles acerta um golpe com o escudo no lord, e este recua com a força do golpe, os outros dois orcs aproveitam e desferem golpes com seus machados, um acertando o peito do lord e o outro seu braço, o lord cai de seu peco soltando sua lança no chão, os orcs continuam avançando contra o lord que estava totalmente desprotegido, desferindo outros dois golpes que o acertam em cheio, fazendo o lord ficar tonto, nesse momento spirit se desespera, e grita:

- PAII !!

A voz do filho pareceu acordar o lord, como se ele tivesse levado um balde de água fria no rosto, o lord observa um dos orcs indo em direção ao filho completamente desprotegido, então com uma velocidade sobre humana ele desembainha sua espada, e a bate no chão, uma onde de fogo e criada a partir do golpe e os dois orcs que estavam prestes a ataca-lo são arremesados para longe, o ultimo orc estava agora a alguns passos de Spirit, girando seu machado pronto para matar o garoto de apenas 9 anos, quando uma lança atravessa seu peito o fazendo cair inerte no chão, então spirit vê seu pai ofegante perto de seu peco-peco Defyr.

O lord embainha sua espada, monta denovo no seu peco-peco e volta para pegar seu filho, Spirit estava com a boca aberta.

- Vamos, Não podemos nos atrasar mais do que isso – o lord diz.

Após ver seu pai em combate Spirit pensava secretamente “quero ser igual a ele”.

- Sim vamos.

Spirit sobe novamente no peco-peco do pai e este sai em dispara.“quanto tempo ainda vai demorar pra chegar?” spirit pensava impaciente após algum tempo de corrida, quando seu pai avista o local aonde queria chegar.

- Enfim Chegamos.

“Uma fazenda nos arredores de geffen? Essa era a surpresa?” pensava spirit decepcionado, havia imaginado grandes coisas e não aquilo. Ao chegar na casa que ficava ao centro da propriedade, um homem sai de dentro da casa, mas aquele homem não parecia nada com um fazendeiro. O homem era loiro, tinha os cabelos grandes e preso em um “rabo de cavalo”, aparentava ser muito forte e ágil, tinha uma pele clara e olhos verdes, e carregava um arco em suas costas, e suas orelhas se alongavam e formavam uma ponta, igual a de seu pai e sua própria, "mas o quê?" pensou o garoto. Spirit usava seu cabelo grande e despenteado para esconde suas orelhas, achava que tinha algum problema já que nunca tinha visto alguém com orelhas como as dele.

- Vejo que trouxe seu filho dessa vez – Fala o homem – Já estava na hora, por favor entre, vejo que vocês tem que descansar para podermos começar.

Spirit
O.V
O.V

Mensagens : 4
Data de inscrição : 10/05/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum